Home Editora Livros Notícias Onomástica Distribuidores

Lançamentos

Antropologia
Ciências
Ciências sociais
Cinema e teatro
Comunicação
Dança
Direito
Educação
Filosofia
Geografia
História
Infantis e juvenis
Literatura

Música
Pedagogia
Política
Urbanismo

Editora Circuito

Todos
Lista de preços

 

 
Ordens do discurso:
comentários marginais à aula de Michel Foucault

Rosimeri de Oliveira Dias.(org.)
Heliana de Barros Conde Rodrigues
.(org.)
.
.
.

Lamparina
ISBN 978 65 88791 01 1Cód. barras 9786588791011
Brochura14×21cm232p.330g2020..
Coed. Faperj
R$ 45.00

Em quinze capítulos, este livro funciona como um caleidoscópio: discute, desde múltiplas facetas, a aula inaugural que Michel Foucault ministrou, há 50 anos, no Collège de France – “A ordem do discurso”. Cada capítulo aborda distintos aspectos não só daquela aula como, ainda, discute suas conexões com outras obras do filósofo. Sendo assim, tem-se aqui um interessante transbordamento para além daquela importante aula.

Resultado dos esforços inteligentes empreendidos por vinte especialistas, esses comentários marginais nos trazem contribuições valiosas que abordam desde as relações entre Foucault e o ambiente acadêmico francês, até as muitas ressonâncias entre “A ordem do discurso” e as nossas “realidades” de hoje. Talvez se possa mesmo dizer que este livro trabalha no sentido de promover uma múltipla “desrarefação”: dos ditos, daqueles que se autorizam a dizer e das condições em que acontecem os ditos. Os autores e autoras de cada capítulo, ao fazerem da escrita uma prática política, entram em sintonia com o éthos foucaultiano. Mas tal postura não significa uma suposta obediência ao filósofo, nem algum compromisso prévio com qualquer vinculação partidária e, nem mesmo, alguma adesão a priori a quaisquer princípios fundamentais. O que se tem não é militância, mas sim ativismo; são textos ativos, reativos, provocativos, combativos, conspirativos, alternativos, adversativos etc.

A feliz ideia das organizadoras deste livro – duas reconhecidas especialistas no campo dos estudos foucaultianos – nos chega num momento da maior importância. No Brasil, a crise pandêmica que assombra o mundo desdobra-se em várias outras crises, cujos efeitos sociais, políticos, econômicos e éticos estão sendo devastadores. As combinações entre tais efeitos se potencializam, tornando mais tóxico o ar que respiramos. Por isso, muitos estão usando o neologismo “sindemia” para designar tais combinações e potencializações. Assim, neste contexto mais “sindêmico” do que pandêmico, o caleidoscópio que temos em mãos servirá para compreendermos melhor as ordens dos discursos que estão contribuindo para instaurar e aprofundar as dificuldades do tempo presente. Como sabemos, a compreensão é, mesmo que insuficiente, condição necessária para nos municiarmos e enfrentarmos os combates contra o status quo vigente.

Alfredo Veiga-Neto

 
  Sumário

Apresentação
Para celebrar os 50 anos de uma aula: experiência, discurso e efeitos de saber nos cursos de Michel Foucault no Collège de France
Heliana de Barros Conde Rodrigues
Rosimeri de Oliveira Dias

Da renúncia do sujeito constituinte ao intelecto coletivo
Alessandro Francisco

Da lição e das lições de Michel Foucault: entre os perigos do discurso e a coragem da verdade
Rosimeri de Oliveira Dias
Heliana de Barros Conde Rodrigues

Foucault e a intromissão na ordem do discurso
Edson Passetti

Gente-acontecimento, presença-acontecimento
Salete Oliveira

“A ordem do discurso” e as práticas políticas de Foucault na Tunísia e no GIP
Marcelo Hoffman

“Onde, afinal, está o perigo?”: Foucault e o paradoxo de uma aula inaugural
Del Carmen Daher

“Neste dia, há 50 anos…”: Foucault e os jogos discursivos na arena digital
Alice de Marchi Pereira de Souza
Gabriel Lacerda de Resende

A ordem do discurso: uma virada no pensamento
Guilherme Castelo Branco

Um discurso fora da ordem, muitos Brasis fora do papel: a inspiração contracolonial do caminho da mestiza
Adriana Rosa Cruz Santos

O já dito e o jamais dito: o comentário e o ritual na guerra contra a escola
Décio Rocha
Bruno Deusdará
Poliana Coeli Costa Arantes

Discurso penal e escola: provocações metodológicas de uma pesquisa
Estela Scheinvar

O discurso da beleza: a construção de corpos e populações nos ritos dos concursos de beleza
Aureliano Lopes da Silva Junior
Thalles Amaral de Souza Cruz

Controvérsias com o estruturalismo e “L’ordre du discours” de Michel Foucault
Raphael Thomas Ferreira Mendes Pegden

Ordenações discursivas em história da psicologia: o caso Fechner e a reinvenção da função-autor
Arthur Arruda Leal Ferreira

Princípio de rarefação na ordem do discurso: psiquiatria e ciências da vida
Vera Portocarrero