Home Editora Livros Notícias Onomástica Distribuidores

Lançamentos

Antropologia
Ciências
Ciências sociais
Cinema e teatro
Comunicação
Dança
Direito
Educação
Filosofia
Geografia
História
Infantis e juvenis
Literatura

Música
Pedagogia
Política
Urbanismo

Editora Circuito

Todos
Lista de preços

 

 
Desenvolvimento humano e relações raciais

Marcelo J. P. Paixão.
.
.
.
.

DP&A
ISBN 85-7490-250-0Cód. barras 9788574902500
Brochura14×21cm160p.250g2003..

Col. Políticas da cor
Coed. LPP/UERJ

R$ 28.00

Este livro é formado por uma coletânea de quatro artigos, no campo das relações raciais, escritos, entre 2000 e 2002. Esses estudos cobrem o debate sobre as desigualdades sociorraciais no Brasil, com destaque para a pesquisa que desagregou o IDH de negros e brancos — um marco no aprofundamento da compreensão do abismo que separa as condições de vida de negros/as e brancos/as deste país. “Terrível pesquisador, o professor Paixão. Ele separou as estatísticas sociais dos brancos das dos negros. Resultou que o Brasil branco tem um IDH alto, na 46ª posição, entre a Lituânia e a Croácia, dez pontos abaixo da Argentina e seis abaixo do Uruguai. O Brasil negro fica na 107ª, entre El Salvador e China, acima de todos os países africanos, inclusive a África do Sul e a Nigéria. Se alguém desagregar os números americanos, verificará que por lá os negros estão muito melhor do que os brancos de cá” (Elio Gaspari, O Globo, Folha de S.Paulo, 17 de agosto de 2003). “Está havendo um claro avanço na discussão sobre desigualdade no Brasil. Cada vez mais se inclui […] a questão-chave: as diferenças entre negros-pardos e brancos. Nesse aspecto o trabalho do professor Marcelo Paixão, da UFRJ, é fundamental para entender esta nova fronteira do debate, porque ele separa os dois brasis e dá o IDH de um e de outro” (Miriam Leitão, O Globo, 10 de outubro de 2000).
 
  Sumário

Glossário

Prefácio

Capítulo I: Os Indicadores de Desenvolvimento Humano (IDH) como instrumento de mensuração das desigualdades étnicas: o caso Brasil

Capítulo II: Waiting for the sun: um relato da (delicada) situação social da população afro-descendente do Brasil contemporâneo

Capítulo III: Os negros e os determinantes das desigualdades sociais no Brasil

Capítulo IV: Mercado de trabalho e desigualdades raciais: breves notas sobre o sentido ético-político da ação afirmativa

Bibliografia