Home Editora Livros Notícias Onomástica Distribuidores
 
  Sandra Mayrink Veiga
Assessora da ONG Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional (FASE), consultora para projetos de cooperativismo e de desenvolvimento local, Coordenadora da área de gestão do Projeto Artesão do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC), que se desenvolve em todo o estado do Rio de Janeiro, exceto a capital.
 
 

 

 
Cooperativismo: uma revolução pacífica em ação

Isaque Fonseca.
Sandra Mayrink Veiga.
.
.
.
Apresentado pelo economista Paul Singer, este livro difunde e organiza o novo cooperativismo. É um instrumento valioso para que incubadores e multiplicadores habilitem trabalhadores a optar por formas de produção e distribuição que se adaptem às necessidades, às possibilidades e aos valores dos que não têm capital individual nem almejam possuí-lo. O novo cooperativismo é uma resposta à crise do trabalho e, conforme se observa aqui, pode transcendê-la. A economia solidária não é um remendo do capitalismo, e sim uma alternativa a ele. Os que desejam democracia no campo político e igualdade no social descobrem neste livro ser possível alcançar tais valores no campo econômico pela aplicação dos princípios do cooperativismo.

 
 

 

 
Como organizar redes solidárias

Euclides André Mance.(org.)
.
.
.
.
Destina-se a organizações da sociedade civil, consumidores e trabalhadores, produtores e prestadores de serviço interessados em organizar redes de colaboração solidária e delas participar. São apresentados, de modo didático, os diversos mecanismos atualmente utilizados em redes de economia solidária e uma série de esclarecimentos sobre como assegurar a viabilidade financeira dos empreendimentos, realizar diagnósticos, consolidar e expandir as redes solidárias locais e integrá-las em contextos mais amplos. Propicia aos leitores e educadores formas de elaborar suas próprias reflexões acerca da práxis de libertação no campo econômico, buscando intercâmbios para o avanço da reflexão e da luta popular.

 
 

 

 
Associações: como constituir sociedades civis sem fins lucrativos

Daniel Rech.
Sandra Mayrink Veiga.
.
.
.
É um guia informativo sobre associações, formas de organização dos trabalhadores constituídas a fim de encontrar meios para superar os múltiplos problemas de sobrevivência decorridos do caráter excludente da sociedade. Explica por que, quando, para que e como fundá-las. Mediante a análise das vantagens do trabalho associado e das dificuldades identificadas na experiência coletiva, objetiva-se promover o fortalecimento de sociedades civis sem fins lucrativos. A meta é melhorar a qualidade de vida pela geração de trabalho e renda e pela intensificação de sua força política e de sua cidadania. O livro acentua os aspectos democráticos e a dimensão de autonomia que devem nortear esse tipo de entidade.

 
 

 

 
Afinal, que país é este?

Pedro Cláudio Cunca Bocayuva.(org.)
Sandra Mayrink Veiga.(org.)
.
.
.
Explica o Brasil como uma nação de construção interrompida, de modernização por contrarrevolução, de modernidade conduzida pelo atraso, de mobilidade nos marcos da subordinação periférica. O livro oferece uma matriz analítica da questão nacional, centrada na problemática da democracia e da cidadania em face dos bloqueios estruturais gerados no desenvolvimento dependente, periférico e excludente, cuja longa duração orienta o modelo político, econômico, social e cultural. O país é parte da acumulação primitiva sobre a qual se ergue, de forma polarizada, o mundo moderno ocidental, transformando as metrópoles e colônias em centros e periferias, com ritmos desiguais.