Home Editora Livros Notícias Onomástica Distribuidores
 
  Marcos Luiz Bretas
Graduado em História pela Universidade Federal Fluminense (1981), mestre em Ciência Política (Ciência Política e Sociologia) pelo Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro (1988), doutor em História pela The Open University (1995) e pós-doutor pela Université de Lille 1 (2012).
 
 

 

 
História escrita, história vivida:
movimentos sociais, memória e repressão política na ditadura militar brasileira

Jean Rodrigues Sales.(org.)
Luís Edmundo de Souza Moraes.(org.)
Marcos Luiz Bretas.(org.)
Abner Francisco Sótenos.(org.)
.
Este livro tem como origem os resultados do projeto de pesquisa intitulado “O testemunho como janela: o perfil dos atingidos e a estrutura repressiva do Estado ditatorial no Rio de Janeiro a partir de testemunhos prestados à Comissão de Reparação do Estado do Rio de Janeiro”. Este projeto foi financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro, através do edital “Apoio ao estudo de temas relacionados ao direito à memória, à verdade e à justiça relativas às violações de direitos humanos”. Esperamos que sua leitura colabore com novas pesquisas a respeito da ditadura militar no Brasil, ao mesmo tempo que possa subsidiar debates sobre diversas construções e reconstruções da memória sobre esse período recente da nossa história. Em um momento no qual setores da sociedade defendem o retorno do autoritarismo, as reflexões sobre tais temas tornam-se cada vez mais urgentes e relevantes.