Home Editora Livros Notícias Onomástica Distribuidores
 
  Jean-Paul Sartre
Filósofo, escritor e crítico. É o principal representante do existencialismo francês. Em 1940-1, foi prisioneiro de guerra dos alemães; depois de libertado, lecionou no Liceu de Neuilly e, em seguida, no Liceu Condercet, quando fundou Les Temps Modernes. De suas obras filosóficas destacam-se: O ser e o nada, Existencialismo e humanismo e Crítica da razão dialética.
 
 

 

 
Crítica da razão dialética

Jean-Paul Sartre.
.
.
.
.
Esmiúça o “ser em si” filosófico a partir de indagações sobre o objeto, as coisas inertes, a serialidade e o peso das medidas econômicas. Guiado pela exegese da práxis, Sartre luta para devolver ao homem, sufocado pela presença do objeto, sua condição essencial de sujeito. A edição é apresentada pelo filósofo Gerd Bornheim. “Se há uma palavra que define todos os empenhos de Sartre, ela é exatamente esta: a liberdade, o lugar por excelência de todas as contradições, de todos os encontros e desencontros, sinônimo que é […] da própria existência humana. O ser e o nada encontra a sua complementação necessária, ainda que na medida dos contrapesos, nesta Crítica da razão dialética”. O texto é estabelecido e anotado por Arlette Elkaïm-Sartre.