Home Editora Livros Notícias Onomástica Distribuidores
 
  Gabriela Maldonado
 
 

 

 
Globalização do agronegócio e land grabbing:
a atuação das megaempresas argentinas no Brasil

Júlia Adão Bernardes.(org.)
Samuel Frederico.(org.)
Carla Gras.(org.)
Valeria Hernández.(org.)
Gabriela Maldonado.(org.)
O início do século XXI marcou a chegada de uma nova safra de capitalistas na agricultura mundial. Trata-se da significativa presença do capital financeiro internacional, representado por diversos tipos de fundos 
(pensão, soberanos, hedge, endowments, private equity), corporações (bancos, seguradoras e empresas) e indivíduos de alta renda, sobretudo, nos países de maior dinamismo agrícola e com a disponibilidade de espaços para a expansão da agricultura moderna como o Brasil e a Argentina. Esse fenômeno se insere em uma dinâmica mundial de investimento em terra e na produção agrícola, decorrente, sobretudo, da significativa elevação dos preços dos alimentos ao longo da década de 2000 e da crise financeira de 2007–2008, no que se convencionou denominar global land grabbing.