Home Editora Livros Notícias Onomástica Distribuidores
 
  Claudio Willer
Poeta da geração 60, traduziu e viveu Allen Ginsberg, Antonin Artaud, entre outros, e traduziu e introduziu no Brasil as obras completas de Lautréamont. O poeta de Anotações para um apocalipse, Dias circulares e Jardins da provocação lança, ao lado dessas obras de grande poder lírico e emotivo, questões fundamentais acerca da construção da modernidade no Brasil, na periferia.
 
 

 

 
Estranhas experiências e outros poemas

Claudio Willer.
.
.
.
.
Reúne poemas inéditos, sob o título Estranhas experiências, e outros, extraídos de Jardins da provocação (1981), Dias circulares (1976) e Anotações para um apocalipse (1964). Esta edição festeja quatro décadas de atividade poética de Claudio Willer, nome consagrado também nas áreas de seleção editorial, tradução e preparação crítica de obras de autores como Lautréamont, Antonin Artaud e Allen Ginsberg. “O que Willer diz pode e deve ser entendido com um preito de admiração e louvação a este reino do simbólico onde estamos todos imersos e onde os criadores literários somos seus oficiantes máximos. É um reconhecimento da extraordinária importância do simbólico como matriz da civilização e da cultura” (Sérgio Telles).