Home Editora Livros Notícias Onomástica Distribuidores
 
  Bianchi Agostini Gobbo
Docente no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP), mestre e doutorando em Geografia pela Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), membro do Grupo de Pesquisa Linguagens Geográficas (GLPG), membro do Grupo de Pesquisa (Geo)grafias, Linguagens e Percursos Educativos (GLPE).
 
 

 

 
O poder da mídia no Brasil:
(Re)editando outras verdades

Bianchi Agostini Gobbo.(org.)
José Eduardo Pimentel Filho.(org.)
Max Alexandre de Paula Gonçalves.(org.)
.
.
O Brasil não é uma ilha isolada no meio do mundo. A globalização implica a produção de conflitos em escala mundial, cujas causas se entrecruzam. Dilemas, como o desemprego que observamos no centro do sistema internacional, os Estados Unidos, e nas semiperiferias e periferias do sistema, como os casos de Grécia, Portugal, Brasil e Angola, só podem ser compreendidos na medida em que o processo global de produção capitalista é analisado, ou seja, as diversas situações problemáticas apontam para causas comuns, apesar das particularidades de cada caso. Entretanto, se há, por um lado, determinações gerais; por outro lado, há também que se analisar as particularidades, pois são suas nuanças e suas diferenças que podem permitir ações transformadoras mais eficazes.